O leiomioma (que pode apresentar a sinonímia de fibroma ou mioma) pode localizar-se no corpo (subseroso, submucoso ou intramural) ou no colo uterino, sendo esta última localização menos freqüente.

O leiomioma subseroso é aquele localizado na porção mais externa da parede uterina, causando deformidade do contorno do órgão ou até mesmo se destacando do corpo uterino sendo nutrido por um pedículo vascular (pediculados).

O mioma intramural se encontra na sua maior porção na espessura da parede uterina causando pouca ou nenhuma deformidade da camada externa ou interna do útero.

O leiomioma submucoso localiza-se na face mais interna do útero causando deformidade da cavidade uterina, abaulando o endométrio (camada que mensalmente descama, causando a menstruação). Também pode ser pediculado como o subseroso e nessa situação pode exteriorizar-se pela vagina (o chamado “Leiomioma Parido”)

Leiomioma intraligamentar é aquele localizado lateralmente ao útero (Vide figura).